Noiva BH por Rose Quadros

Branco? Off-white? Nude?… Que difícil!

27/01/2011

Hoje vou dedicar esse espaço para mais uma crônica de Élide Helzel, que escreve para a Nova Noiva e é consultora de assuntos de casamento e é colunista de diversas publicações sobre o assunto. Como comecei a olhar vestidos de noiva, achei o texto muito propício para o momento! Divirtam-se!


Muito se tem falado que o vestido de noiva faz parte do inconsciente das mulheres desde a mais tenra idade. Quantas noivas descrevem o modelo que viram num filme de 10 anos atrás, de uma princesa, de uma artista… Às vezes é ao modelo da mãe que elas se reportam, às vezes é a uma publicação antiga, um clipping de artista famosa. Às vezes é apenas uma imagem nebulosa, um conceito de vestido.


Mas fala-se sempre do modelo, nunca vi ninguém tratar da predefinição da cor do vestido.Será então que a cor é apenas uma escolha de momento, ditada pela moda? Será que as noivas seguem conselhos de parentes e amigas?


Pelo contato diário que tenho com noivas, penso que a decisão da cor antecede até a escolha do modelo e é muito mais firme. Sabem por que acredito nisso? Porque já vi muita noiva trocar um modelo que parecia definido, seja por experimentar um no mesmo estilo e ver que não ficou bem, seja porque é parecido com o da prima ou porque o estilista provou que não é o melhor modelo pra ela. Porém não vejo quase nunca a noiva mudar a cor do vestido, seja por que opinião for. Ora, se elas aceitam sugestões de modelo, mas não de cor, suponho que a escolha da cor habita o imaginário de cada noiva talvez até mais fortemente que o modelo!

 

 

É, portanto, remando, contra a corrente, que dou minha opinião quanto à cor: fique com o branco! Por quê?  


· Porque, mesmo tendo perdido a ligação direta com pureza e virgindade que tinha no século passado, ele continua desafiando a passagem do tempo e os modismos, vestindo pelo menos 7 em cada 10 noivas. E casamento é tradição e não originalidade.
· Porque distingue a noiva de todas as outras mulheres da festa, pois já se sabe que, convidada ou madrinha, as outras devem-se afastar do branco e até das cores que lhe são muito próximas, como cru, gelo, bege, pérola.
· Porque, salvo nos réveillons, muito dificilmente você vai escolher o branco para uma festa de gala. O casamento é a sua oportunidade.
· Porque é perfeito nos tecidos refinados. Colorido, estampado, qualquer tecido pode fazer bonito. Mas, no branco, a qualidade do pano vem à tona: ou é ou não é!
· Porque, em vestidos de noiva, o branco já nasceu nobre, ainda no século XIX, pois foi um modelo de cetim dessa cor que envolveu o corpo da rainha Vitória da Inglaterra, banhado de paixão pelo seu Príncipe Alberto. A partir daí, o branco virou moda e o amor, selando uniões, também.
· Porque é aquele vestido de uma só ocasião. O casamento lhe dá ineditismo e a certeza de que não será repetido.
· Porque os casamentos no Brasil, diferentemente do que se passa na Europa e nos Estados Unidos, são em geral realizados à noite, principalmente os mais suntuosos. E o branco se ilumina quando banhado pelos holofotes.
· Porque combina com o tipo físico da brasileira loira, morena, castanha (mas quase sempre dourada pelo sol dos trópicos), mulata, negra…
Mas se você escolheu o pérola, o marfim, não se preocupe com o que estou dizendo: provavelmente você experimentou um modelo assim, colocou-se diante do espelho e se sentiu linda. Vá em frente! 

 

 

Quando começou a aparecer com certa freqüência, anos atrás, muitas noivas escolheram o off-white simplesmente porque o consideravam moderno. Agora, não, as noivas que escolhem essa cor, em geral o fazem por convicção, porque se sentem bem nela. Perfeito!


Quanto ao nude, faço alguma restrição. Não me parece uma cor favorável para a ocasião, a menos que você queira mesmo passar despercebida no seu casamento. Como o próprio nome diz, seu vestido mimetiza tanto você que parece que está nua mesmo. Qualquer detalhe some, não faz contraste.

 

 

Desculpe, se sou tão categórica, mas posso dizer que aposto que o nude não dura mais do que um ano. Imagine nas fotos! Você some de nude, não é mesmo. Deixe então esses tons para acessórios: uma faixa, laços, flores. Até sapatos compondo um visual diferente, se gostar.


Mas, como eu coloquei no início, provavelmente nada do que eu disser vai alterar um milímetro na decisão da minha leitora. São só considerações sobre o tema…

Compartilhe:

Escrito por: Mariana Reis
Topo